Meditar na Bíblia

Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a Tua Palavra. *Salmos 119:9

Segunda-feira, 10 de Maio de 2010

Enfrentando a realidade...

Ontem estava a ler a revista de domingo que acompanha o Correio da Manhã e vi lá uma reportagem sobre a representação de Portugal no Vaticano.

Eram ao todo uns 6 ou 7 senhores, com vários títulos eclesiásticos desde Padre até Bispo-Cardeal, senão me falha a memória.

Todos trabalhavam activamente em vários cargos e departamentos na sede da Igreja Católica e a maioria referia que apesar de gostar de estar ali o seu sonho era um dia poder voltar á sua paróquia em Portugal.

No entanto houve uma resposta que me chamou a atenção.

Um deles, um Monsenhor, disse mais ou menos isto: "Eu gosto muito de viver aqui, já aqui estou há uns 20 anos mas o que eu realmente queria era voltar á minha terra e servir na paróqui de lá. No entanto os caminhos de Deus têm estado a ser diferentes e eu quando decidi me oferecer para servir a Deus e a igreja já sabia que isso poderia vir a acontecer. É Ele que decide as coisas..."

Algo se moveu dentro de mim...

Nós cristão, que sabemos a verdade, conhecemos o Deus verdadeiro muitas vezes não temos esta disposição.

Dizemos que sim, que pagamos o preço mas na maioria das vezes somos infiéis.

A coisa mais fácil para o ser humano é dizer palavras que não edificam, nem a ele mesmo nem aos outros.

Quantas vezes eu abri a minha boca de uma maneira leviana e só saiu asneira?

Quantas vezes eu fiquei magoada ou ferida porque alguém também falou sem pensar?

Na nossa carne não temos a capacidade de ser bons, dizer ou fazer coisas que beneficiem os outros.

Como li aqui há uns dias, por mais tempo que andemos com Deus, a nossa carne nunca muda!!!

Somos sim renovados e transformados pelo poder do Espírito Santo...aliás a Palavra de Deus diz-nos que a carna luta contra o Espírito e o Espírito contra a carne de maneira que não façamos o que queremos.

Então e quando acabamos por fazer o que queremos???

Quando acabamos por ser insensíveis, brutos, mal-educados sem um pingo de compaixão pelo próximo?

Tem havido alturas na minha vida em que tenho questionado se realmente posso ver o fruto do Espírito na minha vida diáriamente.

Será que os frutos que eu dou podem alimentar outros ou vão envenená-los?

Na Palavra de Deus lemos que toda a árvore que não der fruto será cortada e lançada no fogo...

Eu não quero isso para mim...não quero abrir a minha voz e saber que Deus não me ouve ou não me responde, que aquilo que eu sou não consegue tocar e agradar o Seu coração.

Tenho defeitos...sim...todos temos.

Nascemos em pecado e somos pecadores, somente o Sangue de Cristo pode nos purificar.

Nas vezes em que as palavras não saem e apenas conseguimos chorar, Ele consegue ver o que se passa, o que sentimos, o que estamos a viver.

As coisas não afectam a todos da mesma maneira, a maturidade espiritual de cada um vai determinar como agimos perante as adversidades.

Eu sempre tive uma tendência para ser negativa...Deus tem lidado com essa área tão especial do meu carácter...

Eu sei que tenho Deus comigo e em mim... já por várias ocasiões eu vi e senti o Seu amor e misericórdia na minha vida.

No entanto de vez em quando a minha carne ganha força e eu começo a ver as coisas negativas maiores que as positivas.

Nessas alturas sei que sou ingrata com o Senhor...

Esqueço-me de tudo o que Ele fez e tem feito por mim.

Aí, sempre Deus permite que algo aconteça para que eu volte atrás e me curve perante Ele, pedindo-lhe perdão pela minha "grande boca".

Não é fácil...

Se alguém prega um Evangelho de facilidades...como Paulo diz, não está pregando a Cristo.

O próprio Senhor Jesus, com todo o Seu amor nos alertou para as aflições de estarmos no mundo, no entanto também nos deixou a promessa que Ele venceu este mundo.

Com Ele também temos essa capacidade.

Como?

Sendo como Ele foi...

Jesus Cristo, o Filho do homem, Aquele que foi á cruz por mim e por ti não era um super-herói!!!

Era carne, sangue, sentimentos tal como tu e eu.

Em tudo foi tentado mas nunca sucumbiu á tentação pois tinha intimidade com o Pai.

Esse é o segredo tantas vezes negligenciado.

Eu prória tenho me esquecido muitas vezes disso.

O Espirito Santo que estava em Jesus está também em nós nestes dias.

Se assim não fosse o versículo Tiago 4:7 não existiria na Bíblia: "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós."

A comunhão de Jesus com o Pai, mediante o Espírito Santo fez com que Ele fosse obediente, manso, humilde...aquele Jesus amigo que conhecemos.

Acham que Ele também não deve ter tido vontade de desistir???

O pedido de ajuda em oração aos discípulos e as lágrimas de sangue no Jardim do Getsêmani siginificam o quê???

Ele também tinha fragilidades...mas nunca Se deixou levar por elas.

Por isso hoje, sentado á direita de Deus, Ele sabe melhor que ninguém o que passa pelas nossas mentes, pelos nosso corações.

Enfrentar a realidade do nosso interior pode ser duro...

Tal como eu, tu podes chegar á conclusão que afinal não és assim tão maduro espiritualmente quanto pensavas...

Afinal não estás ainda preparado para a responsabilidade daquilo para que fostes chamado...

O tempo chegará...custa, é duro, difícil...

Até lá chegar deitamos muitas lágrimas de dor, desespero, frustração, insegurança a até de dúvida...

Isso tem acontecido comigo...

Há quem tenha chegado lá mais rápido que eu pois provavelmente tem-se disposto mais do que eu ou então eu tenho me distraido mais que eles...

O chegar ou não lá...está nas minhas mãos...

 

 

Meditado por: Tânia Palmeiro às 10:37

3 Meditações Alheias:

Consegues escrever e passar com sabedoria o que te vai na alma.
Ainda bem que somos todos iguais, nao penses tu que haverá alguém diferente! E aí podemos notar que temos falhas, mas poderemos mesmo melhorar! Já imaginaste se existisse um ser humano perfeito entre nós? Excelente post! Espero que tenhas novidades!
Aguardo tua visita para comemorarmos!!!
beijos e um fds abencoado!
marlenemaravilha a 13 de Maio de 2010 às 20:08
A Tânia escreveu...« tem-se disposto mais do que eu ou então eu tenho me distraido mais que eles...»
Não me parece que seja isso, mas sim que as coisas são no tempo de Deus e que sempre que há uma conquista (nem que seja um pequeno passo), é agarrá-la e nunca aceitar qualquer dúvida que possa nosso inimigo tente colocar para roubar a benção.

Fica com a palavra: “e depois de terdes vencido tudo, permanecei inabaláveis” - Efésios 6:13

Paz em Cristo Jesus
Cristina Tomé a 3 de Junho de 2011 às 15:57
Louvado seja o Senhor Jesus.
Ele passou pela experiência que nós estamos a viver, com a diferença de que Ele não se deixou corromper pela carne, nem pelas tentações, é o único ser perfeito, nós temos as nossas fraquesas e nessas alturas deixamo-os levar pela tentação. Mas se nos arrependermos, o sangue de Jesus nos lava porque ele tem esse poder.
Bem haja Tânia
Manuel Gonçalves a 23 de Outubro de 2011 às 10:06

Quem procura, encontra...

 

Maio 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

Meditações Alheias recentes

Meditações mais comentadas

Baú de Meditações

Versículo do Dia