Meditar na Bíblia

Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a Tua Palavra. *Salmos 119:9

Quarta-feira, 08 de Julho de 2009

O motivo do meu riso

Aqui fica o conto com o qual participei no concurso literário infantil cristão...

Espero que gostem...

 

Isaac olhava mais uma vez pela janela… e suspirando, imaginava.
Imaginava ver o mar, as ondas, o reflexo das gaivotas sobre a água cristalina.
Era desta maneira que começavam os dias do pequeno Isaac, um menino de 7 anos que nasceu e cresceu num campo missionário na Nigéria.
Para ele, o dia em que pudesse tocar o mar seria o dia mais feliz da sua vida.
“ Isaac, está na hora. Anda tomar o pequeno-almoço. ”
“ Já vou mãe…só mais um bocadinho” – dizia o pequeno a tentar vestir á pressa o uniforme da escola.
Isaac foi até à cozinha e ao sentar-se começou a conversar com a sua mãe.
“ Mãe…”
“ Sim, filho. O que foi? ”
“ Ontem na escola, a professora disse que na Bíblia os pais e as mães punham aos bebés nomes especiais. Tu e o pai também me deram um nome especial? “
“ Sim filho. Escolhemos Isaac por causa do que ele significa. ”
Isaac abriu os seus lindos olhos verdes e esboçou aquele sorriso pelo qual era conhecido.
Saiu do seu lugar e sentou-se ao lado da mãe, reclinando a cabeça no seu ombro num gesto de ternura.
“ Mãezinha… o que quer dizer Isaac? “
Margarida virou-se e envolveu Isaac com o seus braços e disse-lhe carinhosamente.
“ Meu lindo, Isaac significa riso, gargalhada…”
Os olhinhos do pequeno Isaac ficaram molhados.
“ Oh mãezinha…então isso quer dizer que ficaram felizes por eu ir nascer? !
“ Sim meu querido. Muito felizes!!!”
“ E tu riste muito, deste muitas gargalhadas? “ - perguntava Isaac quase a levantar voo de tanta curiosidade.
 “ Sim meu amor…Muitas, muitas, muitas… AH AH AH AH AH !!! “ – disse Margarida entre grandes gargalhadas.
“Hum… então quando formos a Portugal visitar a avó eu vou poder encontrar o meu Isaac!!!” – disse o menino cheio de convicção.
“O teu Isaac?” – perguntou Margarida confusa
“Sim mãe…o mar…o motivo do meu riso…”
Meditado por: Tânia Palmeiro às 18:50

4 Meditações Alheias:

Olá Tânia

uma vez que já tinha tido contacto com este conto não podia ficar indiferente à sua publicação.

Gostei muito de o ler, principalmente porque a escrita deixa o fim em aberto. Na minha opinião o texto estimula o sonho e a creatividade além de claramente mostrar o relacionamento próximo entre familia, com diálogo, tempo, ternura e troca de palavras acerca do nosso querido Senhor.

Felicidade e esperança ao alcance do estender de uma mão, é exactamente o que sinto ao ler esta história. Fez-me sonhar com Ele, pensar Nele e sorrir com Ele!

Deus te use muito Tânia!

Um beijinho de Parabéns!
Andrea Timor a 10 de Julho de 2009 às 12:23
Amei. Parabéns!
marlenemaravilha a 15 de Julho de 2009 às 02:57
Amei seu conto e seu blog... com certeza espiarei mais vezs...bjinhu
mich
Michele a 22 de Julho de 2009 às 01:37
Como estás querida??
Deus te abencoe muito! ´
Beijos para ti, Madalena e família.
Como ela está com o bb?? Segue bem?
Acredito.
marlenemaravilha a 28 de Julho de 2009 às 23:09

Quem procura, encontra...

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Meditações Alheias recentes

Meditações mais comentadas

Baú de Meditações

Versículo do Dia