Meditar na Bíblia

Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a Tua Palavra. *Salmos 119:9

Quinta-feira, 13 de Março de 2008

A minha pior inimiga... sou EU!!!

Ontem tive um típico serão de dona-de-casa.

Chegar a casa e jantar, passar a ferro, arrumar a cozinha e ir pra cama.

Até aqui nada de especial...certo?!

O momento especial da noite deu-se entre o acabar de passar a ferro e começar a arrumar a cozinha.

Como a minha filhota já tinha para a cama, pude ter a televisão só pra mim enquanto tratava dos trapinhos lá de casa.

Sim... porque a Madalena monopoliza a TV enquanto está acordada!!!

Só passa o Noddy e um filme cristão chamado "Something to Sing About" (recomendo).

Graças a Deus por essa monopolização... ela só aconteceu depois da Madalena ser implantada.

Ela não gostava de ver TV pois não ouvia e chateava-se de estar só a olhar.

Sabiam que as primeiras palavras dela depois da activação do implante foram: "pópó noddy"?

Sabem tão bem contar estas coisinhas tão especiais que fazem dela a MINHA FILHA!!!

Mas voltando ao cerne do post.

Estava a ver um DVD dos Hillsong Australia "For All You´ve Done" e quando acabei de passar a roupa começou uma canção linda chamada "More Than Life" .

 

 

Sentei-me no chão da sala de olhos fechados e cantar...

No refrão eles cantavam "I love You more than life" mas eu cantava "I need You more than life".

Ás tantas já estava de joelhos, prostrada com o rosto no chão e num pranto pedindo apenas ajuda ao Senhor.

Senti como se um manto tivesse descido sobre mim e me tivesse cobertoo por completo.

Chorei... chorei... chorei... pedi perdão de certas coisas que sei que Deus ainda quer moldar.

A presença de Deus estava ali de uma maneira tão grande, tão forte... não sei explicar.

Entretanto começou a música seguinte "Glorify Your Name"...

 

 

É uma das minha músicas preferidas... aliás, estas 2 são das músicas mais bonitas que a Pra. Darlene Zschech alguma vez compôs.

Graças a Deus por esta mulher que tem dedicado toda a sua vida em prol do Evangelho.

Foi um momento tão especial que tive ali com o Pai.

Lembrei-me de uma coisa que tinha lido "O Senhor não responde ao chamado da dor, mas sim ao chamado da busca!"

Ele olha e vê a tua dor, Ele sabe o que vai no teu coração mas se tu não O buscares... nada vai acontecer.

A primeira pessoa que teve de aprender isso fui eu!!!

Deus sempre soube das minhas dificuldades, das minhas dores, do meu sofrimento mas eu estava mal.

Confiava na força do meu braço, na minha capacidade de resolver as coisas.

Apesar de falar de Jesus de boca cheia NUNCA LHE TINHA DADO O TRONO DO MEU CORAÇÃO, DA MINHA VIDA.

E quando eu dizia "Senhor eu quero que Tu isto..., Senhor eu quero que faças aquilo..."

MENTIRA, MENTIRA, MENTIRA, MENTIRA!!!

Eu na verdade nunca quis que Ele fizesse nada porque isso implicaria Ele colocar-me de "pernas para o ar" e despejar toda a porcaria que estava em mim.

Achava que era "cool" ter um ar de espiritual quando estava na Igreja e só recorria a Deus quando estava "enrascada".

Enquanto me achei "dona e senhora" do meu nariz nunca quis estar debaixo da autoridade de ninguém.

Nem de Deus, nem do meu marido, nem de nenhum pastor, nem de coisa nenhuma.

Estava demasiado cheia de rebeldia e de sentimento de vingança, eu tinha de mostrar aos outros que não precisava deles, que eu era capaz e que aqueles que me tinham rebaixado iam ver que eu era melhor que eles.

Pura ilusão... isto não tem nada ver com cristianismo.

Tem a ver com baixa auto-estima, mágoa, raiva e uma necessidade tremenda de amor.

Só existe um amor capaz de solucionar todos esses problemas: o Amor de Deus através de Cristo!!!

Como é que eu podia dizer que amava alguém se eu não conseguia sequer olhar para mim mesma com os olhos que Deus me vê, quanto mais para os outros?

Não conseguia admitir que era uma porcaria e que precisava de ajuda.

Não conseguia admitir que a vida longe de Deus não me trazia nada de bom, antes pelo contrário.

Louvado seja Deus pela Sua miserocórdia pois mesmo apesar de ter andado quase 8 anos apenas a "picar o ponto" na Igreja nunca, mas nunca tirou os olhos de mim.

Hoje estou a passar pela "prensa" e doi...

Não posso fugir mais senão vai continuar tudo na mesma.

 Desejo ficar... mas preciso da Sua ajuda...

 

 

Meditado por: Tânia Palmeiro às 11:31

Quem procura, encontra...

 

Março 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Meditações Alheias recentes

Meditações mais comentadas

Baú de Meditações

Versículo do Dia